Violeta Lara canta no Festival Arte de Toda Gente

Estreia neste sábado, 7 de agosto, às 19h, o show que a cantora e compositora Violeta Lara gravou para o Bossa Criativa, como parte do Festival Arte de Toda Gente. Mineira de Belo Horizonte, a artista se apresenta ao lado de Samy Erick (violão) e Pedro Jet Campos (percussão), com um repertório em que alterna canções de compositores renomados, autores da nova geração de talentos e composições próprias, nas quais expõe suas percepções do universo feminino em melodias cheias de lirismoA apresentação estará disponível no site www.bossacriativa.art.br e também no canal Arte de Toda Gente, no Youtube. O projeto é uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

A cantora

Natural de Belo Horizonte, onde vive, Violeta Lara é cantora e compositora, e intérprete de MPB. Graduada em música popular pela Universidade Federal de Minas Gerais, ela atua como professora de canto, cantora do grupo Baioquê, é uma das vocalistas do bloco de carnaval Juventude Bronzeada, integra o coletivo V.A.D.I.A.S. (Verdadeiras Autênticas com Direitos Iguais Aos Seus) e está em estúdio gravando seu primeiro álbum autoral. Ela foi uma das vencedoras do projeto “Cantoras Daqui”, do BDMG Cultural, em 2009, e finalista do “Festival SESI Música 2016”, atuou como convidada em gravações e shows de artistas como Cláudio Mourão, Túlio Rangel, Bruno Grossi, Robert Clay, Jairo de Lara, Túlio Mourão Vander Lee, entre outros.

O festival

O Festival Arte de Toda Gente, que se iniciou em julho deste anoreúne dezenas de professores, especialistas e artistas das mais diversas vertentes e origens geográficas em uma série de oficinas, mostras, encontros e apresentações, ao vivo e gravadas, transmitidas gratuitamente pela internet. Pela primeira vez, em um só evento, estão combinadas de forma complementar atividades promovidas pelos três projetos do programa Arte de Toda Gente: Bossa Criativa, Um Novo Olhar e Sistema Nacional de Orquestras Sociais – Sinos. Lançados ao longo de 2020, os projetos compõem o programa Arte de Toda Gente.

Arte de Toda Gente, os projetos da parceria Funarte-UFRJ (www.artedetodagente.com.br)

O programa Arte de Toda Gente compreende três diferentes iniciativas, desenvolvidas em parceria pela Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria da Escola de Música da universidade e lançadas no decorrer de 2020. Devido à pandemia de Covid 19, inicialmente todas as atividades dos projetos vêm sendo desenvolvidas exclusivamente em ambiente virtual, mas, logo que possível, se estenderão a ações presenciais em todas as regiões do Brasil.

A primeira dessas iniciativas é o projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, que reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas e manifestações da economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. As atividades são compostas de shows curtos, performances, mostras, lives e vídeos de capacitação, exibidos no site www.bossacriativa.art.br, com participação de artistas de todo o Brasil.

A segunda iniciativa é o Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos)formado por uma rede de dezenas de profissionais de música, que atuam em cursos, oficinas, concertos e festivais, produzindo ainda material didático de apoio, partituras e publicações. A ideia é capacitar regentes, instrumentistas, compositores e educadores musicais, apoiando projetos sociais de música e, ainda, contribuir para o desenvolvimento das orquestras escola de todo o país e suas atividades estão disponíveis no site www.sinos.art.br.

Já o Um Novo Olhar (UNO) tem como alvo promover a inclusão e o acesso de crianças, jovens e adultos com algum tipo de deficiência, por meio das artes e da capacitação de professores e de regentes para coro. Com a exibição online de performances de artistas e vídeo podcasts (vodcasts) sobre arte e acessibilidade, a promoção de lives, encontros e seminários virtuais e com uma série de publicações – que incluem a produção por encomenda de versões e partituras originais de compositores brasileiros especialmente formatadas para corais –, o projeto tem também o objetivo de ampliar a percepção de toda a sociedade sobre as deficiências e suas aulas e apresentações podem ser encontradas no site www.umnovoolhar.art.br.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar