Projeto “Diálogos Urbanos”, do Cine Theatro Brasil Vallourec, discute inovação com duas empreendedoras digitais

O episódio “Inovar é um processo humano” aborda a construção de um futuro amplo para todos através de mudanças

O projeto Diálogos Urbanos, do Cine Theatro Brasil Vallourec com patrocínio do Instituto Unimed BH entra no Eixo 2, que trata de Inovação. No primeiro episódio, dia 07 de junho, às 20h, o tema será “Inovar é um processo humano” e as convidadas são Tatiana Silva, cofundadora e diretora executiva da plataforma FA.VELA, e Maristela Meireles, Analista de Inovação da Wylinka. A mediadora será a jornalista Paola Carvalho, especializada em Novas Economias e membro da Singularity University Belo Horizonte Chapter.

Sobre as convidadas

Criado em 2014, o FA.VELA é um hub de educação que busca promover a diversidade e o desenvolvimento social, econômico e ambiental por meio do empoderamento de grupos e territórios vulnerabilizados. Tatiana, a representante do projeto, é graduada em Comunicação Social na UFMG, com formação complementar em Ciências Sociais na Vrije Universiteit Amsterdam. Em 2017, obteve o 1º lugar na Pitch Competition do 7º UNESCO NGO FORUM (Arábia Saudita) representando a comunidade.

Maristela Meireles é Jornalista pós graduada em design e especialista em Design Estratégico. Atualmente é Especialista em Metodologias e Inovação na Wylinka, uma ONG com propósito de mobilizar e desenvolver instituições e ecossistemas para a inovação e o empreendedorismo, a partir da promoção e transformação do conhecimento. Ela também é fundadora da COHDES, uma revista online sobre design estratégico e processos criativos.

 

Promovendo conexões

 

O Cine Theatro Brasil Vallourec vem construindo um território fértil para difusão de informação sobre inovação e cultura por meio do projeto “Diálogos Urbanos”. A iniciativa foi criada como uma série de 10 encontros com empreendedores, criadores, pesquisadores e educadores para conversas didáticas sobre temas relevantes da cidade.

 

A cada encontro, 3 a 5 agentes transformadores de Belo Horizonte discutem e trocam experiências sobre inovação, diversidade, inspiração, experiência e cultura, sempre falando de projetos que trabalham a relação com a capital do estado. Os diálogos são separados por eixos temáticos e cada um conta com dois episódios.

Em todos os episódios as conversas são ao vivo, em formato de videoconferência: cada participante fala de sua própria casa ou escritório, e o público interage com perguntas pelo chat. Os encontros acontecem semanalmente, sempre às segundas-feiras, de 24 de maio a 26 de julho, a partir das 20h no canal do Youtube do Cine Theatro Brasil Vallourec.

Confira a programação dos próximos Diálogos Urbanos:

 

Eixo 2: Inovação

Ep.03  Inovar é um processo humano

Ep.04 Inovar com propósito

 

Eixo 3: Cultura 

Ep.05  Cultura in loco

EP.06  Presentes possíveis

 

Eixo 4: Inspiração

Ep.07  A Cidade que eu sinto

Ep.08  A Cidade que eu transformo

 

Eixo 5: Experiências 

Ep.09 Negócios de Experiência

Ep.10  Experiência na cidade

 

Onde a cidade acontece

 

O projeto vai de encontro a uma onda de mudança em que o Cine Theatro Brasil Vallourec se torna um canal para a cidade e seus agentes de transformação, abrindo caminho para memórias e cativando novas gerações de apaixonados por Belo Horizonte.

 

Se é na Praça Sete que a cidade acontece, as pessoas se encontram e a vida urbana pulsa primeiro, essa energia passa a ser a bússola do Cine Brasil em um movimento simbólico de abertura. O objetivo é construir junto com o público e com agentes culturais um novo lugar de possibilidades para pessoas, empresas e empreendedores. Com essa nova postura, o Cine passa a ser onde a cidade se apresenta diversa, inovadora, cultural, acolhedora e inspiradora.

 

Diálogos Urbanos

 

Iniciativa do Cine Theatro Brasil Vallourec, a série tem patrocínio do Instituto Unimed-BH, por meio do incentivo fiscal de médicos cooperados e colaboradores, e da Vallourec, ambos via Lei Federal de Incentivo à Cultura.

 

Sobre o Instituto Unimed-BH 

 

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos socioculturais visando ampliar o acesso, a formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, valorizar os espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$140 milhões, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e da Lei Federal de Incentivo à Cultura, viabilizado pelo patrocínio de mais de 5.200 médicos cooperados e colaboradores. Em 2020, mais de 7 mil postos de trabalho foram gerados e 3,8 milhões de pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Neste ano, todas as iniciativas do Instituto celebram os 50 anos da Unimed-BH.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar