Home Destaque MM Gerdau celebra os 150 anos da tabela periódica

MM Gerdau celebra os 150 anos da tabela periódica

6 min read
0
0

Uma das maiores conquistas da história da ciência, a tabela periódica, completa este ano um século e meio de “descoberta”. Para ressaltar sua importância, a Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou 2019 como o Ano Internacional da Tabela Periódica, ampliando conhecimento sobre o trabalho do russo Dimitri Mendeleev, que foi responsável por organizar os 63 elementos, contribuindo para os avanços científicos do século 20 em diante.

Para contar mais sobre esta história, suas curiosidades, como a tabela tem influenciado a cultura e a ciência e mostrar experimentos espetaculares sobre os elementos químicos, o MM Gerdau – Museu das Minas e do Meta recebe na próxima quinta-feira (02), às 19h30, a palestra “O outro lado da tabela periódica”. A conversa será conduzida pelos professores Alfredo Luis Mateus e Luciano Faria. O evento integra o CoMCiência, programa de divulgação científica do Museu, periodicamente traz temáticas científicas para debates abertos ao público.

+Cartão Pré-Pago: Quais os benefícios?

Exposição “Tabela periódica”

O MM Gerdau mantém ainda uma exposição fixa que homenageia a tabela periódica. A atração é lúdica e interativa, formada por tubos metálicos que projetam no chão os elementos químicos e usa o próprio professor Mendeleev para contar a história da criação.

Ainda no espaço, é possível brincar na exposição Mesa dos Átomos, unindo digitalmente elementos e formando compostos. Na tela, o visitante pode ver as características, aplicações e imagens dos compostos químicos formados a partir da união de alguns dos 118 elementos. Uma maneira divertida e lúdica de aprender química!

Conheça o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal

 O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, integrante do Circuito Liberdade desde 2010, é um museu de ciência e tecnologia que apresenta de forma lúdica e interativa a história da mineração e da metalurgia. Em 20 áreas expositivas, estão 44 exposições que apresentam, por meio de personagens históricos e fictícios, os minérios, os minerais e a diversidade do universo da Geociências. O Prédio Rosa da Praça da Liberdade, onde funciona o espaço cultural, foi inaugurado em 1897, juntamente com Belo Horizonte. Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA), o edifício passou por meticuloso trabalho de restauro, que constatou que a decoração interna seguiu o gosto afrancesado da época, com vocabulário neoclássico e art nouveau.  O projeto arquitetônico para a nova finalidade do Prédio Rosa, que já foi Secretaria do Interior e da Educação, foi feito por Paulo Mendes da Rocha e a expografia, que usa a tecnologia como aliada da memória e da experiência, é de Marcello Dantas. O Museu funciona de terça a domingo, das 12 às 18h, e na quinta, das 12 às 22h e apresenta uma programação para todas as idades. A entrada é franca.

Serviço:

MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal

Palestra – O outro lado da tabela periódica

Data: 02/05

Horário: 19h30

Endereço: Prédio Rosa – Praça da Liberdade

Gratuito. Sujeito à lotação do espaço



Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Destaque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *