CURA – Circuito Urbano de Arte finaliza mais uma obra

O Abraço, do artista DMS, volta a fazer parte do horizonte da capital mineira

Não é preciso dizer uma palavra. Cada um sabe o tempo do passo, o caminho do gesto, o movimento do corpo. Não precisa ensaiar; os braços se abrem, os ombros levantam um pouquinho, os pés se aproximam, o abraço se encaixa. E a gente se abraça em público mesmo, sem muito pudor, sem restrição de idade, de gênero, de classe, de modos de abraçar… E que falta ele faz!

A gente olha para O Abraço, obra icônica do Davi DMS para o CURA, e se reconhece um bocado ali. Porque, quando uma cidade inteira fica tanto tempo sem se abraçar, parece que a gente também desbota um pouco, descasca, se fragiliza, se sente desprotegido.

“Um abraço caloroso em BH, para unir o que veio antes e o agora; um abraço cheio de futuro. Se a gente pudesse, dava um abraço na cidade, em TODES” dizem as idealizadoras e curadoras do festival Janaina Macruz, Juliana Flores e Priscila Amoni.

Quem olha para a fachada cega do edifício Príncipe de Gales vê o dia e a noite se abraçando. Mas pode enxergar ali também um pouco do CURA, um pouco do que ele simboliza enquanto desejo de diálogo, dos encontros de/na rua, com suas esquinas e cruzamentos, misturas de gente, luzes e seres, que vivem-experimentam-criam-acontecem no hipercentro de Belo Horizonte.

O novo Abraço, que foi concluído em 1º de setembro, é também uma escolha por homenagear um dos pontos-chave do mirante da Sapucaí, o único de arte urbana do mundo. É um abraço de “até logo”. Neste ano, o CURA tem mais encontros marcados pela cidade, para seguir propondo outros percursos, desenhos e vivências de cidade.

Cuidar e proteger do Abraço é uma ação do CURA em parceria com a Hotmart, empresa global de tecnologia e educação “nascida e criada” em BH. O afeto pelo Abraço é duplo, seja pela proximidade geográfica (a sede fica ali pertinho da Sapucaí), seja por compartilhar daquilo que é tão caro aos belorizontinos. Enquanto mira o mundo, a HotMart reafirma o desejo de permanecer aqui, transformando e projetando BH para fora.

 

Serviço

Cura

Pintura Ed. Principe de Gales (Rua dos Tupinambás – 179. Centro)

Artista: DMS

Início: 16 de agosto de 2021

Termino: 01 de setembro de 2021

www.facebook.com/curafestival

www.instagram.com/cura.art

https://cura.art

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar