Cozinha Santo Antônio + Casa Bonomi lançam novo sanduíche

 quarta criação em conjunto das casas tem sotaque mexicano

O encontro da Casa Bonomi com a Cozinha Santo Antônio segue rendendo bons frutos. Desta vez, a inspiração veio do México.

Cemita é um sanduíche criado na cidade de Puebla. O nome vem do tipo de pão que é usado: levemente adocicado, com uma textura de brioche, mas sem ovos. “O recheio é daquele jeito, um milhão de variações, todas gostosas e com uma base comum de Oaxaca, um queijo branco e fresco, abacate e pimenta, claro” explica Ju Duarte, chef da Cozinha Santo Antônio.

Como não poderia deixar de ser, as duas casas deram seu toque original. O pão é macio com o deles, mas com fubá, pra dar aquele gostinho de milho que nós, e os mexicanos também, adoramos. O recheio, é “carnita” de porco desfiada de tanto cozinhar na laranja, temperada com uma boa pimenta cumaru vermelha e uma pitada de chocolate amargo. Pra fazer par, abacate, tomatinhos e uma fatia de mussarela de búfala.

O sanduíche está disponível apenas na Bonomi, no local ou por delivery (Ifood e Uber Eats).

 

Serviço

Cemita da Bonomi e da Cozinha Sto.Antônio: pão de fubá, abacate, carnita de porco desfiada com laranja, chocolate e pimenta e tomatinhos.

Disponível na Casa Bonomi

Funcionamento: terça à sábado de 7h às 19h, domingo de 7h às 17h.

Delivery: Uber Eats e iFood.

Takeaway Whatsapp: (31)99206-2772

 

Sobre a Cozinha Santo Antônio

Em uma esquina charmosa, em um dos bairros mais tradicionais da cidade, a Cozinha Santo Antônio chama atenção logo de cara pela arquitetura. Ao mesmo tempo mineira e cosmopolita, com garimpos e peças de design e uma imponente e acolhedora cozinha aberta.

Uma ótima tradução para a comida feita ali. “Estamos completamente conectados com as nossas origens e com a nossa história, mas temos os pés no presente e o olhar no futuro”, diz Juliana Duarte, que comanda tudo no espaço.

A Cozinha Santo Antônio tem por principio o respeito à sazonalidade dos ingredientes, por isso o cardápio muda de acordo com o que se tem de mais fresco e gostoso para cozinhar. Os insumos são orgânicos, de origem e chegam através de pequenos produtores.

Por conta da pandemia, o restaurante tem funcionado no sistema delivery e “buscaqui”, no horário de almoço, de terça a domingo. “Todo início de semana planejo o cardápio dos próximos dias com base no que os produtores têm disponível” conta Juliana. Durante a semana os pratos são de uma comida mais caseira, que eu defino como sendo ‘que nem a da casa da gente’. No final de semana temos pratos mais elaborados e sempre há opção vegetariana. A comida varia de receitas de família bem mineiras a pratos da cozinha do mundo, como a francesa e a do Oriente Médio que eu gosto muito e estudo”, completa.

Juliana é uma cozinheira, historiadora e pesquisadora da história da gastronomia mineira. Mas antes disso tudo trabalhava na publicidade enquanto paralelamente estudava gastronomia e vendia seu disputado paté na Feira Fresca.

 

Do seu jeito, vem fazendo comida com história e afeto, transformando algo aparentemente banal em “extraordinário”. Comida que valoriza a cultura alimentar mineira e que faz bem para o corpo e para a alma.

 

Serviço

Funcionamento de terça a domingo de 12:00 às 14:30 nos dias de semana e de 12:30 às 16:00 nos finais de semana.

Delivery e o “buscaqui”

Whatsapp: (31) 9-8218-6427

https://www.instagram.com/cozinha_santoantonio

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar