Home Diversos Apresentação inédita terá abertura do compositor e instrumentista mineiro Aloízio Horta

Apresentação inédita terá abertura do compositor e instrumentista mineiro Aloízio Horta

8 min read
0
0

Completar 80 anos esbanjando boa forma e desenvoltura musical é para poucos e para o bandolinista Joel Nascimento. No dia 23 de junho, o músico desembarca em Belo Horizonte para apresentar o show inédito Joel Nascimento 80 anos, na Praça Floriano Peixoto. A apresentação faz parte da programação BH Instrumental, realizada pela Veredas Produções, com patrocínio do Instituto Unimed-BH por meio do incentivo dos médicos cooperados e colaboradores ao seu Programa Cultural, via Lei Federal de Incentivo à Cultura. O acesso é gratuito.

Quem abrirá o show é o instrumentista e compositor Aloízio Horta, com o show Horizonte Aberto, às 19h30. O músico foi selecionado pelo edital Série BH Instrumental e subirá ao palco ao lado de Kadu Vianna, Christiano Caldas, Marcelinho Guerra e Marcelo Ricardo. No repertório, composições de seu álbum de estreia e releituras.

Com o seu consagrado bandolim, Joel Nascimento percorreu cidades como Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo e, agora, chega à BH para uma deliciosa noite comemorativa e embalada pelo choro. Considerado um dos maiores chorões brasileiros, o músico será acompanhado por Henrique Cazes, João Camarero, Beto Cazes e Marcus Nimrichter.

Joel começou a tocar aos 12 anos, tirando de ouvido o sucesso de Waldir Azevedo, “Brasileirinho”. Aos 15 anos, se enveredou pelo piano e depois acordeom, se especializando em tangos e boleros. Estudou piano clássico no Conservatório Brasileiro de Música, com Max de Menezes Gil, até que o seu ouvido esquerdo parou de funcionar com a otoesclerose.

Porém, a música tocou mais alto e Joel se reencontrou nas rodas de choro, apaixonando – se pelo bandolim, desenvolvendo uma sonoridade especial e que encantou o saudoso cantor e compositor João Nogueira. Foi pelas mãos de João que o bandolinista se lançou em sua carreira profissional, com gravações de três LPs antológicos do chorão.

E, desde então, Joel não parou mais. O bandolinista pediu ao maestro Radamés Gnattali que transcrevesse Retratos para uma formação típica de choro. Assim surgiu a Camerata Carioca, grupo que marcou a primeira metade da década de 1980, abrindo espaço para repertórios que iam de Vivaldi a Piazzolla. Com o fim da Camerata, em 1986, Joel organizou o Sexteto Brasileiro, com o qual realizou duas turnês nos Estados Unidos e se consolidou como um dos principais chorões brasileiros.

Show de abertura: Horizonte Aberto
Com uma carreira consolidada como contrabaixista, Aloízio Horta coleciona mais de duas décadas de atuação profissional, que se desdobram, também, em atividades como professor. O seu disco de estreia foi lançado em 2016. Autoral e instrumental, Aloízio Horta foi consagrado pelo Prêmio Marco Antônio Araújo, realizado pelo BDMG Cultural, destacando as suas vertentes de MPB, jazz e música africana.

Instituto Unimed-BH
Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, há 15 anos, contribui com o desenvolvimento social em localidades de atuação da Unimed-BH. Para isso, desenvolve cinco grandes programas: Comunidade, Meio ambiente, Voluntariado, Adoção de espaços públicos e Cultura. Saiba mais em www.institutounimedbh.com.br .

Circuito Instituto Unimed-BH
Criado para estimular a saúde, o bem-estar e a convivência ao ar livre, o Circuito Instituto Unimed-BH oferece gratuitamente atividades físicas, de lazer e socioculturais, em espaços públicos, como a Praça da Saúde e a Praça Floriano Peixoto, em Belo Horizonte, e a Praça Milton Campos, em Betim. Em 2017, mais de 80 atrações culturais foram realizadas, prestigiadas por mais de 55 mil pessoas. Em 2018, todas as atrações acontecem em comemoração aos 15 anos do Instituto Unimed-BH. Saiba mais em www.circuitoinstitutounimedbh.com.br .

Série BH Instrumental
Realizado pela Veredas Produções, o projeto integra o Circuito Instituto Unimed-BH e busca divulgar a música instrumental. A série traz aos palcos grandes instrumentistas, com o objetivo de formar público para música e popularizar o acesso a espetáculos de qualidade, desenvolvendo, assim, a consciência crítica dos cidadãos. Conta com o patrocínio do Instituto Unimed-BH, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através do incentivo de 4,7 mil médicos cooperados e colaboradores.

Serviço
Série BH Instrumental apresenta Joel Nascimento 80 Anos
Abertura Aloízio Horta – Show Horizonte Aberto
Dia 23 de junho, a partir das 19h30 – Praça Floriano Peixoto (Santa Efigênia) – Acesso gratuito
Informações – 3222 5271 / Acesso gratuito
Patrocínio: Instituto Unimed-BH, por meio do incentivo de médicos cooperados e colaboradores

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Diversos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *